Atualizado em 9 de dezembro | 2020 por SAS

O planejamento estratégico é um assunto muito comum na gestão de empresas de médio e grande porte. 

Mas, para além deste mercado, o modelo de planejamento também pode ser utilizado para a organização e elaboração de táticas escolares, afinal, a escola é uma instituição na qual também deve ser trabalhada a gestão financeira, metas, valores e mensuração de resultados.

Além disso, ele é um recurso indispensável para estabelecer o plano de ação escolar e de acompanhamento dos objetivos. 

Para facilitar a compreensão desse tema e ajudar escolas a alcançarem seus objetivos de excelência em gestão, preparamos esse conteúdo sobre planejamento estratégico, no qual você vai conhecer os benefícios e os modelos de aplicação. Confira!  

Qual a importância do planejamento estratégico escolar ?

O bom planejamento estratégico escolar beneficia mais do que questões burocráticas da escola, impactando positivamente na qualidade do ensino.

O planejamento estratégico é a base de muitas instituições de sucesso, sendo uma ferramenta obrigatória no mundo corporativo. Com as escolas, isso não é diferente, uma vez que é preciso manter a sustentabilidade e atingir as metas de ensino, mantendo o padrão de qualidade.

Sendo assim, o planejamento estratégico passa a ser uma boa prática de gestão escolar, pois contribui para melhorar a formação de alunos e professores, oferecendo a todos uma experiência positiva no ambiente escolar.

Outro ponto fundamental em que o planejamento estratégico pode auxiliar é,  por meio da organização, a garantia do cumprimento do Projeto Político Pedagógico (PPP) e das diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). 

Como reconhecer um bom plano de ação escolar

Abaixo, listamos alguns fatores que ajudam a realizar um bom planejamento estratégico:

  • Consideração da opinião de toda a comunidade escolar; 
  • Inclusão dos  princípios pedagógicos, alinhados às práticas de sala de aula que estão em andamento;
  • Foco no processo de aprendizagem de todos os envolvidos e operacionalização de todos os conteúdos; 
  • Disponibilidade de tempo para formação continuada de docentes, assim como para reuniões pedagógicas com alunos e pais;
  • Flexibilidade para que a escola faça mudanças de acordo com os resultados de desempenho, que devem ser monitorados continuamente. 

Quais os benefícios de uma escola com planejamento estratégico ?

Já foram mencionados benefícios, como organização e sustentabilidade, mas para além desses, um bom planejamento estratégico pode:

  • Otimizar tempo e recurso

O planejamento estratégico ajuda o gestor a programar ações voltadas à economia de tempo e dinheiro, potencializando  recursos materiais, financeiros e humanos. 

  • Estabelecer objetivos escolares claros e alcançáveis

No planejamento estratégico, é possível enxergar se os objetivos fazem sentido para a realidade da escola e o quanto são factíveis. Por exemplo: toda escola quer melhorar sua infraestrutura tecnológica, mas é preciso verificar se os professores possuem treinamento suficiente e se existe verba para essa melhoria. 

  • Incentivar maior engajamento e motivação da equipe

Aqui, vale a analogia com os esportes: é preciso agir e pensar como um time, no qual cada um entende seu papel. O planejamento estratégico facilita essa visão de equipe, pois engloba o esforço, a opinião e compromisso de todos os colaboradores. 

  • Proporcionar melhores oportunidades à escola

O planejamento estratégico parte, também, de análises externas que identificam quais as tendências atuais da sociedade e da educação, como, por exemplo, o ensino híbrido. Portanto, planejar significa identificar quais potencialidades a escola já possui e quais diferenciais é preciso buscar para manter-se produtiva e competitiva. 

  • Oferecer mais embasamento na tomada de decisões

O enfrentamento de desafios no dia a dia escolar ou de eventuais problemas envolve uma série de variáveis. Com planejamento estratégico, é possível estabelecer prioridades com base no conhecimento que já se tem da realidade da escola e definir, com assertividade, quais ações precisam ser implementadas a médio e longo prazo.

  • Melhorar a gestão financeira

É possível organizar as finanças por meio do planejamento estratégico e definir em quais áreas é preciso ter corte de gastos ou redistribuição de investimentos. Além disso, a escola pode prever medidas simples, como economia de água, energia e materiais escolares. 

Como criar um bom planejamento estratégico para a sua instituição

Com o planejamento estratégico, é possível ver, mais uma vez, a importância da inovação e tecnologia na educação.

Cabe ao gestor escolar traçar diretrizes e coordenar o planejamento estratégico da escola, porém, como já foi dito, a construção e a implementação dessa ferramenta é uma tarefa que deve ser compartilhada e realizada por todos.  

Confira, a seguir, um guia com 9 dicas importantes sobre como elaborar um bom planejamento estratégico na sua escola: 

  1. Comunique-se com todos os envolvidos e colaboradores

Crie espaços físicos e on-line, nos quais possa haver comunicação com funcionários e toda a comunidade escolar. A escuta é importante para o gestor compreender pontos de insatisfação existentes, para conciliar o interesse de todos e até encontrar novas soluções e ideias

  1. Analise todos os processos atuais da escola

Investigue, por meio de ferramentas adequadas de gestão e de diagnóstico, se os processos de todas as áreas da escola estão funcionando. Faça questionamentos com base nos resultados mensuráveis como finanças, evasão escolar e desempenho dos alunos. 

Não esqueça de incluir, na análise, os feedbacks recebidos da comunidade escolar. 

  1. Desenvolva uma cultura organizacional;

Instituição e empresas com processos organizados têm a sua Missão (Por que a escola existe), Visão (onde quer chegar) e Valores (quais as ideias que a escola defende) muito bem definidos. 

Écom esse tripé que a escola consegue formar uma cultura organizacional e, assim, facilitar o desenvolvimento das ações. 

  1. Use boas ferramentas e métodos

Contar com métodos e ferramentas de gestão escolar adequados à realidade da instituição beneficia todo o processo de ensino e aprendizagem e oferece vantagens competitivas no mercado

É o tipo de suporte que o SAS oferece às escolas, por meio de um acompanhamento pedagógico completo e consultoria especializada para gestores sobre diversos temas, como gestão educacional e administrativa.    

  1. Considere a opinião dos alunos

O principal público da escola é o aluno. Então, é importante que os estudantes sintam-se confiantes quanto às propostas da escola, pois isso tem impacto no rendimento escolar

Fazer reuniões, criar eventos de integração com a equipe e aplicar questionários, são maneiras de ouvi-los. Essa postura pode fortalecer o vínculo deles com a escola, estimulando o desenvolvimento de habilidades socioemocionais.

  1. Atualize-se

Uma escola de qualidade é reconhecida por acompanhar as novas demandas educacionais, culturais e sociais. Atualização constante é vital para nutrir a equipe pedagógica, os currículos e para manter vivo o interesse de alunos e pais na instituição. 

  1. Inove

Quando pensamos em inovação, também estamos falando de diferencial. É justamente isso que novos projetos, ferramentas e tecnologias trazem para uma instituição de ensino. Vale lembrar que, nos dias de hoje, a inovação também é um dos requisitos avaliados pela famílias ao matricular os filhos. 

  1. Revise estratégias

Esteja preparado para mudar as ações durante a implantação do planejamento estratégico. É recomendável e saudável que esse documento seja revisto durante o ano. Podem acontecer imprevistos, um exemplo disso é a pandemia

  1. Monte um cronograma

Estipule, junto com a equipe, um calendário realista para que as ações sejam realizadas ao longo do ano. Como já foi dito, imprevistos na rotina escolar sempre podem acontecer, portanto, um cronograma ajudará a fazer o controle do processo, para que tudo aconteça da melhor forma possível e sem sobrecarregar os colaboradores.  

Análises possíveis no processo

O uso de tecnologias e ferramentas são poderosas aliadas para os gestores escolares. Conheça, a seguir, duas opções que podem facilitar a construção do planejamento estratégico:  

  • Análise 360º

Este é um método de avaliação que visa identificar pontos fracos e promover a melhoria das habilidades dos colaboradores de uma instituição. Também pode ser utilizado para analisar todas as ideias propostas, com o objetivo de priorizar as que trarão mais resultados. 

  • SWOT

O Swot: Strengths (forças), Weakness (fraquezas), Opportunities (oportunidades) e Threats (ameaças), também é um método avaliativo. A sua aplicação oferece ao gestor uma visão do cenário atual e do que precisa ser alterado para a escola cumprir seus objetivos. 

Cuidados necessários ao criar um planejamento

É importante que o gestor escolar considere a realidade da escola no momento de construir o planejamento. As metas e avaliações devem ter, como parâmetro, as possibilidades da instituição e o cumprimento das obrigações destinadas aos colaboradores. 

Isso significa que é preciso fugir de idealizações e comparações com instituições que trabalham diferentes objetivos, missões e valores. Caso contrário, o planejamento pode causar frustração e, até mesmo, desestimular a comunidade escolar. 

Outra dica, é que, uma vez adotado o planejamento estratégico, é importante acompanhá-lo. Ele deve se tornar um instrumento orgânico na escola e, portanto,  constantemente aperfeiçoado

SAS

O SAS pode ajudar a sua escola a fazer um planejamento estratégico eficaz e, ainda, melhorar o rendimento dos alunos, por meio do seu sistema on-line, facilitando o dia a dia da equipe pedagógica. 

Ficou interessado? Clique aqui e fale com um de nossos consultores.

Leia também: