Atualizado em 23 de maio | 2022 por SAS

Quem atua na área da educação, sabe que o Novo Ensino Médio traz mudanças significativas no que se refere ao processo de ensino e aprendizagem. Para acompanhá-las, a escola precisa implementar várias ações em seu cotidiano, uma delas é investir em uma equipe interdisciplinar. Mas, afinal, por que isto é tão importante?

No texto de hoje, conversaremos mais sobre esse assunto, que afeta diretamente a organização do corpo docente e o modo como são desenvolvidos os itinerários formativos e os projetos educacionais. 

Sendo assim, siga com a leitura até o final. Aqui separamos um conteúdo completo que vai esclarecer suas principais dúvidas sobre equipe interdisciplinar e a relação dela com o Novo Ensino Médio

Afinal, o que é uma equipe interdisciplinar?

Equipe interdisciplinar é aquela em que os integrantes utilizam conhecimentos específicos diferentes para resolver um problema de forma conjunta. O objetivo é que todos interajam igualmente, chegando a uma solução em grupo.

No caso da equipe docente, ser interdisciplinar significa que professores de diferentes disciplinas trabalham de modo complementar para abordar um mesmo assunto ou tema. 

Imagine, por exemplo, ensinar um conteúdo de robótica que envolva o aprendizado de matérias como matemática, física e biologia de modo simultâneo. 

Para que isto ocorra, os docentes precisam atuar em conjunto, desenvolvendo algum projeto interdisciplinar. Uma boa opção, neste caso, é refletir sobre como a tecnologia pode melhorar a vida de pessoas com deficiência física.

Entenda melhor, nos próximos tópicos, tudo o que envolve o conceito de equipe interdisciplinar.

Qual a importância da equipe interdisciplinar?

Ainda não tem certeza se deve inserir uma equipe interdisciplinar na sua escola? O SAS Plataforma de Educação te ajuda a decidir!

Durante muito tempo, a escola priorizou o ensino dividido em matérias específicas. Assim, cada professor ficava responsável por transmitir o conhecimento da sua área de formação. 

Hoje, em contrapartida, o foco está na interdisciplinaridade. Afinal, a criação de uma equipe interdisciplinar traz múltiplos benefícios para o processo educacional. Entre as principais vantagens dessa concepção, podemos citar:

Proporciona maior engajamento dos estudantes 

Quando sua escola tem uma equipe interdisciplinar, é possível desenvolver atividades mais criativas com os estudantes. Isso porque cada docente trará diferentes pontos de vista sobre um mesmo tema. 

Como consequência, os alunos tendem a demonstrar maior interesse no processo acadêmico.  

No novo modelo de Ensino Médio, esse engajamento é extremamente valorizado, tanto que os conteúdos devem ser trabalhados dentro de quatro grandes áreas do conhecimento ao invés da típica divisão em 13 matérias.

Busca pelo conceito de educação integral 

A interdisciplinaridade foca na educação integral. Ou seja, ela trabalha a formação do estudante para além de um conteúdo específico. No Novo Ensino Médio, este é um dos conceitos mais importantes estabelecido pela BNCC

Sendo assim, durante o processo de ensino, a equipe de professores deve priorizar as aulas participativas, trabalhando a autonomia, bem como aspectos socioemocionais do aluno. 

Contudo, isso só será possível se o time atuar de maneira interdisciplinar. Portanto, é indispensável desenvolver essa ideia junto aos colaboradores, para que se torne parte da cultura do local. 

Contextualização dos conteúdos em torno de problemas reais

Outra grande vantagem das instituições que trabalham com uma equipe interdisciplinar é que elas conseguem relacionar os conteúdos acadêmicos com problemas reais da sociedade. 

Desse modo, os estudantes veem mais valor no processo de ensino e aprendizagem. Afinal, a construção do conhecimento passa a ser mais prática. 

Inclusive, com o que é aprendido na escola, os jovens podem agir para melhorar o local onde vivem, propondo soluções criativas para diversos tipos de situações. 

Dentro da nova proposta do Ensino Médio, a formação escolar vai além do aprendizado teórico e tem como objetivo a formação cidadã do estudante

Desenvolvimento de uma formação continuada por parte dos docentes  

Professores que atuam dentro de uma equipe interdisciplinar precisam atualizar-se constantemente para ter um bom desempenho em sala de aula. 

Afinal, não basta ter os conhecimentos da sua área de formação. É necessário interligá-los com acontecimentos da atualidade, assim como aprender a realizar trocas educacionais com outras disciplinas. 

Nessa dinâmica, todos saem ganhando: a escola terá profissionais mais capacitados; os alunos vão aprender de maneira mais dinâmica e atual; e os próprios professores poderão crescer profissionalmente. 

As principais dificuldades enfrentadas na inserção da equipe interdisciplinar

Com uma equipe interdisciplinar sua escola garante um ensino mais abrangente e conectado com a atualidade.

As escolas sofrem com muitas dificuldades diárias e não seria diferente na hora de trabalhar com uma equipe interdisciplinar. 

Apesar das vantagens que citamos anteriormente, o processo de transição do modelo tradicional para uma atuação focada na interdisciplinaridade não é tão fácil. 

Tendo isso em mente, vale a pena conhecer os principais desafios que você pode enfrentar no cotidiano. Assim, fica mais fácil agir para resolvê-los ou até mesmo evitá-los. 

Conheça, a seguir, os desafios mais comuns quando o assunto é equipe interdisciplinar. 

Resistência dos professores em aceitar o processo de mudança

Se os professores estiverem acostumados a trabalhar no modelo de ensino tradicional, é possível que apresentem resistência para agir de outra maneira. Afinal, toda mudança gera ansiedade. 

Neste caso, é importante fazer uma reunião com a equipe e ouvir suas dúvidas, queixas e pontos de vista. A partir daí, apresente a importância e as vantagens de uma equipe interdisciplinar.

O objetivo é que todos trabalhem em conjunto para que esse momento de transição seja o mais confortável possível. 

Fazer os docentes verem a desfragmentação dos conhecimentos como algo positivo

Um dos grandes motivos de resistência do corpo docente em aderir ao modelo interdisciplinar é deixar de lado a forma de aprendizagem cartesiana. Ou seja, tradicional, com divisão do conhecimento por disciplinas. 

Muitos professores julgam que a desfragmentação do conteúdo não gera um aprendizado efetivo. Portanto, seu papel enquanto gestor é desmistificar essa ideia, mostrando que a equipe interdisciplinar ajuda o aluno a contextualizar informações

A partir da conexão entre diferentes disciplinas, também é possível criar soluções criativas para resolver problemas. Tanto aqueles que aparecem no contexto acadêmico quanto no cotidiano do aluno fora da escola. 

Quando a sua equipe compreender esses pontos, provavelmente estará mais aberta a adotar uma abordagem interdisciplinar com os estudantes. 

Realizar um bom planejamento das aulas

Todo professor precisa planejar suas aulas para transmitir o conhecimento da melhor maneira possível à turma. Contudo, isso se torna ainda mais importante quando se fala em uma equipe interdisciplinar. 

Afinal, as matérias não funcionam mais de forma isolada. Agora os conteúdos são trabalhados em conjunto e, sem planejamento, esta dinâmica não se desenvolve adequadamente. 

A grande questão é que sua equipe pode encarar isso como um esforço a mais e não se dedicar o suficiente. Então, você precisa supervisionar esse processo de perto e orientar os colaboradores sobre a importância do planejamento

Trabalhar a interação entre os membros da equipe docente

Para uma equipe interdisciplinar funcionar bem, seus membros precisam ter um bom relacionamento entre si. 

Se o corpo docente da sua escola não for unido, será difícil investir na troca de conhecimento e criar projetos acadêmicos envolvendo as várias disciplinas do Ensino Médio. 

Desse modo, promova um ambiente de colaboração no local onde atua, sempre prezando pelo diálogo para resolver conflitos. Isso facilita a boa convivência, contribuindo para criar uma equipe unida. 

Por que inserir uma equipe interdisciplinar no Novo Ensino Médio?

Uma equipe interdisciplinar proporciona maneiras efetivas de trabalhar os conteúdos exigidos pelo Novo Ensino Médio. 

Como já mencionamos, o Novo Ensino Médio trouxe mudanças importantes no currículo das escolas brasileiras. Entre as exigências da BNCC para este período estão:

  • foco no protagonismo do estudante;
  • criação de itinerários formativos como parte da trajetória acadêmica;
  • desenvolvimento dos conteúdos em quatro grandes áreas do conhecimento em vez de divididos em 13 disciplinas obrigatórias. 

Ao analisar esses pontos, fica claro que a interdisciplinaridade está no centro dessas transformações. Então, nada mais natural do que trazer esse conceito para a rotina da equipe docente. 

Se os professores planejam as aulas de forma interdisciplinar e compreendem a importância de agir dessa maneira, todas as ações acadêmicas vão fluir com facilidade. Caso contrário, será preciso um esforço maior para adequar a equipe às novas regras do Ensino Médio. 

A seguir, separamos de maneira mais detalhada as vantagens de trabalhar com uma equipe interdisciplinar:

  • maior desenvoltura para criar projetos práticos que unem conhecimentos variados;
  • maior clareza sobre as necessidades dos estudantes no contexto atual, elaborando aulas que atendam essa demanda;
  • melhor planejamento das atividades acadêmicas;
  • melhor compreensão do que é o protagonismo do aluno e como valorizá-lo na hora de trabalhar os conteúdos. 

O SAS Plataforma Educação está ao seu lado

Como deu para perceber, vale muito a pena inserir uma equipe interdisciplinar na instituição de ensino onde atua. Porém, caso tenha dificuldades nesse processo, saiba que pode contar com a ajuda do SAS Plataforma de Educação. 

Nós possuímos profissionais especializados no Novo Ensino Médio, que estão preparados para orientar professores e gestores sobre as mudanças estabelecidas. 

Além disso, contamos com um serviço de consultoria para auxiliar as escolas na implementação de metodologias e ações que valorizem a qualidade do ensino

Outras soluções acadêmicas, criadas especialmente para a fase do Ensino Médio incluem: 

  • plataforma SASTV, onde o aluno pode exercitar a prática de redações;
  • simulados SAS, que ajudam os jovens a se preparar para as provas do Enem e de importantes universidades, como Fuvest e Unicamp;
  • coleção pré-universitária, específica para os estudantes do 3º ano do Ensino Médio e focada na resolução de problemas do cotidiano;
  • plataforma digital personalizada, onde o aluno tem acesso a aulas digitais, exercícios e jogos educativos;
  • material didático que acompanha as novas recomendações da BNCC;
  • programa de formação continuada para professores.

Você também pode consumir os diversos conteúdos do nosso blog. Sempre criamos materiais com informações relevantes para as instituições de ensino, que as auxiliam a compreender mudanças no setor educacional e seguir em busca da excelência no ensino.

Caso queira ter acesso a esses dados, acesse a aba “gestão escolar” do blog e confira todos os conteúdos que criamos especialmente para os gestores. E, não deixe de clicar no banner e conversar com um de nossos consultores!