Atualizado em 16 de dezembro | 2020 por SAS

A importância de um time bom e que preza pela excelência é indiscutível, mas, por trás disso, existem inúmeros desafios. Sabe-se que o ambiente escolar é complexo e diverso, por isso, a gestão de pessoas é um assunto que deve ser conversado em conjunto com o clima e a cultura organizacional. 

Para esclarecer mais sobre gestão de pessoas, a Gerente de Gente e Gestão, Maíra Wandscheer, conversou com a Diretora de Conteúdo Pedagógico do SAS, Georgia Marinho, e com a Renata Machado, Diretora de Operações e Gente do SAS, em mais um episódio do SAS Cast. 

Confira os principais pontos ressaltados pelas especialistas sobre gestão de pessoas, durante o bate-papo: 

Qual foi o maior aprendizado sobre gestão de pessoas? 

Segundo Georgia, os aprendizados podem ser divididos em quatro pontos

  1. Falar a verdade; 
  1. Saber ouvir; 
  1. Acreditar/confiar nas pessoas; 
  1. Fazer a pessoa acreditar na sua potencialidade. 

Georgia comenta que é necessário confiar no professor, construir uma relação, saber dar e receber feedbacks, para viabilizar seu vínculo com o gestor. Dessa forma, ambas as partes respeitarão o trabalho um do outro, podendo compartilhar, inclusive, opiniões sobre ações de melhoria. 

Como a gestão de pessoas tem o poder de impactar o dia a dia de um negócio? 

Renata comenta que, às vezes, as pessoas estão mais preocupadas em ter a tecnologia certa, a sala de aula perfeita, mas o que realmente muda o jogo são as pessoas. Bons resultados dependem desses meios, mas sem as pessoas certas, isso não é possível. Maíra complementa, ressaltando que, para isso, é importante identificar as pessoas com os comportamentos adequados à cultura e valores da empresa. 

Como acompanhar o desenvolvimento e engajamento do time? Como formar esse time? 

Georgia acredita que um time bom é aquele que caminha para um mesmo propósito. Para ela, a empresa precisa desafiar o time diariamente, gerando uma cultura de inconformismo, de forma que as pessoas nunca queiram fazer as atividades do mesmo jeito, sempre estimulando-as a fazerem melhor do que fizeram ontem.  

Além disso, é fundamental compreender que todos têm talentos diferentes uns dos outros e que ter humildade para reconhecer isso é a chave para formar um bom time. Segundo Georgia, a humildade abre oportunidades de aprendizado e possibilidades de ir mais longe. Nesse aspecto, Maíra dá ênfase em contratar gente boa e ter uma cultura forte, pois são pilares importantes na composição de um time. 

Qual a importância de se ter uma cultura forte na gestão de pessoas? Isso se aplica na realidade da escola? 

Renata comenta que a cultura é a soma dos comportamentos que as pessoas têm no dia a dia e, principalmente, quando não há ninguém olhando. E isso é aplicável ao ambiente escolar se, por exemplo, a escola tem uma cultura fria e intimidadora, em comparação a uma cultura acolhedora, humilde e respeitosa. Nesse contexto, a é importante refletir sobre qual cenário os alunos preferem estar.  

Maíra complementa, dizendo que todas as empresas têm cultura, pois é ela que norteia as tomadas de decisão, o comportamento, as formas de fazer as coisas, etc. É importante, portanto, ter clareza do que é importante para a organização, quais os valores que prezam no cotidiano, a fim de cultivá-los, sempre explicando os porquês das tomadas de decisão para que todos estejam alinhados. 

Qual seria um conselho para quem quer implantar melhorias na gestão de pessoas? 

Georgia diz sobre olhar para a verdade, ouvir e respeitar, além disso, deu algumas dicas de leitura, como, por exemplo, o livro “O coach de um trilhão de dólares”. 

Renata volta o olhar para o impacto que uma pessoa que está deslocada dentro do propósito e cultura do time, tem dentro da equipe, podendo afetar o restante das pessoas e da organização como um todo. Então, como ação, enfatiza a importância de se analisar de perto cada time e entender se todos estão alinhados com o mesmo propósito. 

Como o SAS pode ajudar?

O SAS pode ajudar sua escola na gestão de pessoas e com muitos outros desafios, do pedagógico à gestão escolar. Quer bater um papo conosco para conhecer melhor as nossas soluções e entender o que podemos fazer pela sua instituição?

Leia e ouça mais conteúdos do SAS Cast, neste link