Atualizado em 22 de dezembro | 2020 por SAS

Promover formações educacionais na parte tecnológica, para aprimorar a prática pedagógica dos docentes, é um marco importantíssimo para trazer aulas mais dinâmicas e interativas aos alunos. 

Pensando nisso, o colégio Biângulo de Brasília (DF), escola parceira do SAS, realizou o 1º Ciclo de Formação Docente, com o objetivo de proporcionar aos professores interessados, tanto da própria escola, quanto do Brasil, suporte e formação na parte de tecnologias voltadas à educação, mentoria sobre o retorno às aulas presenciais no contexto da Covid-19 e o contato com diversos profissionais na área da saúde, tecnóloga, educação e segurança. 

O projeto foi planejado e organizado pela gerência e direção escolar da rede. O público-alvo do curso são os docentes da rede pública e privada do Distrito Federal e de outros estados, como Minas Gerais, por exemplo. 

A ação foi implementada no primeiro semestre de 2020, para que os professores se atualizassem acerca das ferramentas digitais, com o propósito de dinamizar as aulas no decorrer das práticas pedagógicas, beneficiando os alunos em seus estudos. 

Veja como foi a iniciativa:

Inicialmente, os responsáveis pela formação abriram inscrições para os docentes e, a partir daí, a cada semana, era apresentada uma formação no Google Meet e no Instagram do próprio colégio. Definidos os eixos norteadores para cada semana e com base nos temas, a escola trouxe, ainda, convidados que promoveram discussões informativas para o grupo.  

Por serem transmitidos via internet, todos os encontros foram gravados e disponibilizados posteriormente para quem não pudesse assisti-los ao vivo. Além disso, o colégio forneceu um curso a distância sobre as ferramentas do pacote Gsuite for Education, que poderia ser realizado de acordo com a disponibilidade do docente. O curso contou com um total de 24 aulas, trazendo um simulado ao final, a fim de testar o conhecimento dos docentes em relação às ferramentas 

Com as práticas propostas, as aulas obtiveram retornos positivos, e, dessa forma, o colégio conseguiu fazer parcerias e promover, gratuitamente, cursos e palestras para os docentes. Os alunos do colégio também aprovaram a iniciativa, já que possibilitou aulas mais dinâmicas e interativas. 

O projeto do colégio Biângulo foi o vencedor da categoria “Formação Pedagógica” na 1ª edição do Prêmio Escolas que Inspiram, realizado pelo SAS com o objetivo de reconhecer o desempenho das suas mais de 860 escolas parceiras, seja por meio do alcance de resultados no vestibular, do engajamento com soluções de tecnologia educacional, ou do desenvolvimento de práticas pedagógicas de excelência

Ficou interessado em saber mais sobre as soluções do SAS e como podemos ajudar sua escola a promover uma Educação de Excelência?